Notícias

Imprimir

Renai lança Panorama de Anúncios de Investimentos no Brasil 2016

Renai lança Panorama de Anúncios de Investimentos no Brasil 2016

Brasília (24 de março) - A Rede Nacional de Informações sobre o Investimento (Renai), coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento e Competitividade Industrial, lançou, nesta semana, o Panorama de Anúncios de Investimentos no Brasil 2016.

A publicação apresenta informações e análises sobre a tendência dos investimentos a partir de anúncios na economia nacional em 2016, ou seja, uma previsão da realização de novos empreendimentos no Brasil, classificando-os por setores, valores, regiões, tipos de investimento e origem da empresa.

O Panorama de Anúncios de Investimentos no Brasil 2016 registrou US$ 69,5 bilhões em anúncios de investimentos, um crescimento de 9,8% em relação a 2015. O maior volume de anúncios foi no setor de Indústria de Transformação, na divisão Eletricidade de Distribuição de Gás, e no tipo Implantação. Além disso, em 2016, o maior volume dos investimentos anunciados foi na região Nordeste, destacando-se o Estado do Piauí, no qual foi anunciada a construção de uma usina solar que pretende ser a maior do Brasil.

O mapa geral dos anúncios de investimento em 2016 indica que, apesar do momento desafiador na economia, há indícios de recuperação e retomada da atividade econômica. O aumento de 9,8% nos anúncios de investimento na economia brasileira sinaliza que os agentes econômicos, mesmo em face ao contexto adverso, ampliaram a confiança na economia brasileira. 

Base de dados

A base de dados de anúncios de investimentos é produzida pela Renai desde 2004, e atualmente é uma das principais bases de dados a respeito do clima de investimentos do país. A metodologia utilizada consiste na captação e registro de anúncios de investimentos futuros divulgados na mídia, bem como anúncios de investimentos enviados pelos parceiros da Renai no âmbito estadual.

A Renai utiliza uma metodologia semelhante à adotada pelo fDi Markets, uma subdivisão do Financial Times. A publicação brasileira considera apenas os investimentos produtivos e não acompanha a realização do investimento.

Fonte: MDIC

 

Voltar

  • Panorama
  • SIMBRACS - Catálogos de Oportunidades de Investimentos
  • Programa de Investimento em Energia Elétrica – PIEE
  • Relatorio de Anuncios de Investimentos
  • ApexBrasil
  • Portal Inovação
  • BrasilGlobalNet
  • BNDES
  • SUFRAMA
Outras Notícias