Notícias

Imprimir

Leilão de energia capta R$ 11,6 bilhões em investimentos

28/10/2016

Nesta sexta-feira (28), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) leiloou 21 lotes de empreendimentos. As instalações de transmissão serão construídas na Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte, com investimentos na ordem de R$ 11,6 bilhões, e deverão gerar aproximadamente 23.700 empregos diretos. As instalações deverão entrar em operação comercial em 25 de novembro de 2021.

"Esse resultado veio a partir de uma articulação muito importante entre os órgãos de governo e a Aneel. Cada um no seu espaço, temos trabalhado para retomar os investimentos e a confiança, o que estamos conseguindo e se reflete na venda de 21 dos 24 lotes no leilão", afirmou o Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

Foram licitadas 27 linhas de transmissão, totalizando cerca de 6.125 quilômetros e 16 subestações, com capacidade total de 6.097 MVA, que irão reforçar a Rede Básica do Sistema Interligado Nacional.

O deságio médio do leilão foi de 12,07%. "Foi um resultado bastante positivo, refletindo não só o aumento da confiança do empresariado, bem como os ajustes que foram feitos, tornando os lotes bem mais atrativos", analisou o secretário de Energia Elétrica do MME, Fábio Alves.

As empresas vencedoras terão direito ao recebimento da Receita Anual Permitida para a prestação do serviço a partir da operação comercial dos empreendimentos. O prazo das obras varia de 42 a 60 meses, e as concessões de 30 anos valem a partir da assinatura dos contratos.

Fonte: Portal Brasil  

 

Voltar

  • Panorama
  • SIMBRACS - Catálogos de Oportunidades de Investimentos
  • Programa de Investimento em Energia Elétrica – PIEE
  • Relatorio de Anuncios de Investimentos
  • ApexBrasil
  • Portal Inovação
  • BrasilGlobalNet
  • BNDES
  • SUFRAMA
Outras Notícias