Notícias

Imprimir

Investimentos estrangeiros crescem 37,3% em agosto

26/09/2016

O Brasil atraiu, em agosto, US$ 7,208 bilhões de Investimentos Diretos no País (IDP) – recursos destinados ao setor produtivo. Esse volume é 37,3% maior que o registrado em igual mês do ano passado, quando esse ingresso chegou a US$ 5,250 bilhões. Os dados são do Banco Central e foram divulgados nesta segunda-feira (26).

Esse resultado foi influenciado pelo dólar mais alto frente do real e pelo aumento da confiança na economia brasileira, que dá sinais de recuperação, sobretudo depois do anúncio de medidas importantes para reorganizar o País.

O desempenho do mês é ainda o melhor do ano e o maior ingresso para agosto desde 2014, quando havia sido registrada a entrada de US$ 10 bilhões.

Os investimentos diretos são dólares que vêm de fora para financiar novos projetos ou para reforçar os que já estão em andamento. Quanto mais dinheiro um País recebe, mais confiável e lucrativo ele é, ou seja, oferece boas oportunidades de investimento.

Com o desempenho de agosto, o BC decidiu manter em US$ 70 bilhões a previsão de ingresso de investimentos em 2016. Nos oito meses do ano, o Brasil atraiu US$ 41,101 bilhões – o equivalente a 58,7% da projeção feita pela instituição.

Interesse de investidores estrangeiros

O setor que recebeu a maior parte desses investimentos foi o que reúne as empresas classificadas como serviços, o que envolve comércio e atividades imobiliárias, entre outras.

De janeiro a agosto, foram US$ 13,4 bilhões para esse grupo. A indústria ficou com US$ 10,8 bilhões e as atividades de agricultura, pecuária e extrativa mineral com US$ US$ 4 bilhões.

Fonte: Portal Brasil  

 

Voltar

  • Panorama
  • SIMBRACS - Catálogos de Oportunidades de Investimentos
  • Programa de Investimento em Energia Elétrica – PIEE
  • Relatorio de Anuncios de Investimentos
  • ApexBrasil
  • Portal Inovação
  • BrasilGlobalNet
  • BNDES
  • SUFRAMA
Outras Notícias