Notícias

Imprimir

Nosso objetivo é continuar investindo no Brasil, diz empresário chileno em encontro com Dilma

27/02/2016

O secretário-geral do grupo chileno CMPC, Gonzalo García Balmaceda, relatou à presidenta Dilma Rousseff, em encontro neste sábado (27), no Chile, o objetivo de continuar investindo no País. O grupo, que é dono da Celulose Riograndense, sediada no município de Guaíba (RS), tem investimentos da ordem de US$ 5 bilhões no Brasil, sendo o maior investidor chileno no País.

“A senhora presidenta nos convidou a conversar com ela para conhecer os investimentos da CMPC no Brasil. Dissemos à presidenta que estamos muito felizes de estar no Brasil, fomos muito bem acolhidos desde que chegamos em 2009. Temos uma presença em vários estados e obviamente que nossas intenções são continuar investindo no Brasil”, declarou.

Perguntado por jornalistas sobre o momento econômico que o Brasil enfrenta, o empresário declarou que os investimentos do grupo no Brasil são de longo prazo e manifestou confiança em que o cenário mude em breve. “Vivemos um momento de dificuldades, mas estamos seguros que serão superadas”.

Balmaceda disse também ter tratado com a presidenta sobre as restrições para que estrangeiros possam comprar terras no País. “Uma indústria de celulose necessita de terra para plantar eucaliptos”, disse. De acordo com ele, a presidenta demonstrou-se muito interessada em buscar uma solução para o tema.

A presidenta também se reuniu na manhã deste sábado com o CEO da Latam, Henrique Cueto. A companhia aérea é a maior da América Latina e é uma união da brasileira Tam com a chilena Lan.

Fonte: Blog do Planalto  

 

Voltar

  • Panorama
  • SIMBRACS - Catálogos de Oportunidades de Investimentos
  • Programa de Investimento em Energia Elétrica – PIEE
  • Relatorio de Anuncios de Investimentos
  • ApexBrasil
  • Portal Inovação
  • BrasilGlobalNet
  • BNDES
  • SUFRAMA
Outras Notícias