Notícias

Imprimir

Presidenta Dilma pretende aumentar investimento finlandês no Brasil

20/10/2015

A Durante sua visita à Finlândia, nesta terça-feira (20), a presidenta Dilma Rousseff vai se encontrar com empresários finlandeses na sede da Finpro, a câmara de comércio exterior do país escandinavo. Os investimentos da Finlândia no Brasil ocupam papel central nas relações econômicas bilaterais. Há cerca de 50 empresas finlandesas operando no Brasil, gerando, aproximadamente, 20 mil empregos.

Segundo o embaixador do Brasil na Finlândia, Antônio Francisco da Costa e Silva, o objetivo desse encontro é transmitir aos empresários finlandeses o esforço que o governo brasileiro vem fazendo para retomar o crescimento da economia doméstica.

“Essa é uma mensagem importante porque evidentemente os interesses dos investidores finlandeses no Brasil, os que lá estão e os que examinam a oportunidade de investimento, são interesses de longo prazo. Não são interesses conjunturais”, afirmou.

Já do lado finlandês, o interesse na reunião com a presidenta Dilma também é grande. “O Brasil é um parceiro de negócios muito importante para nós na América Latina. Esperamos discussões muito produtivas sobre futuras oportunidades de negócios e cooperação, especialmente no âmbito dos investimentos em infraestrutura e de indústrias brasileiras de exportação”, disse o comissário de comércio da Finpro na América Latina, Matti Landin.

Entre as novas oportunidades de negócios, Landin destacou os Jogos Olímpicos Rio 2016. “Nós também estamos ansiosos para as Olimpíadas e para novas oportunidades em soluções de tecnologia limpa e bioeconomia, área em que as empresas finlandesas têm as melhores práticas em nível mundial”.

 

Comércio Brasil-Finlândia
 
O comércio entre os dois países em 2014 foi de US$ 1,029 bilhão, um aumento de 50% em relação a 2005. Os produtos mais importados pelo Brasil são maquinários, papel e produtos farmacêuticos. Já as principais exportações são café, chá, minérios, ferro e aço.
 
“Os dois governos têm confiança no relacionamento e de que ambos conseguirão retomar o crescimento e o desenvolvimento. Portanto, essa conjuntura não deve de nenhuma maneira, nos tornar menos ambiciosos na agenda de interesses comuns que nós perseguimos”, disse o embaixador Antônio.
 
Algumas empresas estão no Brasil há mais de 50 anos, como a Valmet, que iniciou fabricação de tratores em São Paulo nos anos de 1960. A presença finlandesa se destaca nos setores de papel e celulose (Stora Enso, Pöyry, Ahlström), processamento químico (Kemira), tecnologia marítima e de offshore (Wärtsila), entre outros.
 
Investimentos finlandeses também têm sido bastante significativos na área de telecomunicações. Atualmente, a única fábrica de celulares da Nokia na América do Sul encontra-se em Manaus.
 
Fonte: Blog do Planalto 

  

 

Voltar

  • Invest&Export
  • Panorama
  • SIMBRACS - Catálogos de Oportunidades de Investimentos
  • Programa de Investimento em Energia Elétrica – PIEE
  • Relatorio de Anuncios de Investimentos
  • ApexBrasil
  • Portal Inovação
  • BNDES
  • SUFRAMA
Outras Notícias